Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Lançamos o Andrade Silva Innovation Desk

Uma equipe de especialistas para atender exclusivamente o mercado de Inovação e Startups

Mitigar riscos jurídicos é, sim, um diferencial competitivo para as Startups

Segundo a Associação Brasileira de Startups, o ecossistema brasileiro é formado, atualmente, por cerca de 12.741 startups, 9.766 empreendedores e 74 comunidades, espalhados em 574 cidades.

10000
Startups
20
% sobrevivem
72
% atendem B2B
5
unicórnios

Mergulhamos na sua inspiração

Mesmo durante a crise na qual o País mergulhou nos últimos anos, em quantidade as startups cresceram, em média, vinte por cento.

Algumas marcas, como Nubank, iFood, Playkids e Stone, nascidas como startups, crescem a dois dígidos por mês, na contramão das empresas tradicionais, que ainda sofrem para superar a crise.

Nubank, 99, Stone, PagSeguro e Movile valem, hoje, juntas, cerca de R$ 89 bilhões.

Criada em 2012 por André Street e Eduardo Pontes, a Stone, empresa de meios de pagamentos, mercado conhecido pelas ``maquininhas``, captou US$ 1,5 bilhão na bolsa americana Nasdaq e hoje está avaliada em R$ 31 bilhões. Começou sua vida com seis pessoas.

As Startups, indubitavelmente, forjam o futuro, solucionando problemas novos e antigos de maneira absolutamente inovadora e criativa.

Mas também é verdade que de cada cinco startups, apenas uma sobrevive aos cinco primeiros anos de vida e esse avassalador índice de óbitos, para além dos problemas de mercado e de concorrência com os grandes players tradicionais, guarda muita relação com a ausência de processos internos e claros entre seus sócios, investidores e a comunidade de colaboradores e fornecedores.

m
92

O que diferencia a competitividade?

O que as diferencia competitivamente é a maneira como se preparam para enfrentar tudo isso, rompendo a estatística do fracasso que reside, repita-se, não só em função dos dilemas do mercado, mas muitas vezes em face de desentendimentos entre os sócios e da ausência de uma gestão financeira e jurídica compatíveis com a importância do negócio.

92% das startups que ajudamos, conseguiram passar pelo quinto ano, mantendo suas operações com investimentos e segurança jurídica.

Como ajudamos o ecossistema da Startups

Nossos serviços sob medida para o mercado de inovação

Modelagem legal das Startups

A escolha do melhor modelo jurídico para o negócio é momento decisivo não só para o nascimento da startup como para a sua própria perenidade.

A relação entre os sócios, os investidores, parceiros e colaboradores deve ser estruturada com o mínimo de segurança e previsibilidade, por meio de instrumentos legais e societários que sejam ajustáveis a cada momento da vida da startup.

Planejar o negócio da startup em seus múltiplos aspectos alinhando todas as expectativas em um ambiente de gestão de riscos legais, garante segurança e previsibilidade jurídica.

Formação de documentos e instrumentos jurídicos

Elaboramos e revisamos todos os instrumentos legais necessários ao desenvolvimento dos negócios no ecossistema das startups, tais como os contratos sociais, estatutos de sociedades anônimas, acordos de quotistas ou acionistas, contratos de investimento, contratos de vesting, termos de uso e contratos eletrônicos, memorando de entendimentos, termos de confidencialidade, dentre outros.

Assessoramos, para tal fim, não só as próprias startups, como também os investidores anjo, as aceleradoras e os fundos de capital.

Planejamento tributário e proteção da marca

Desenvolvemos todos os projetos em colaboração com as demais áreas do escritório, principalmente no que se refere ao planejamento tributário, à propriedade intelectual e ao direito concorrencial.

Resolução de conflitos e negociação

Participamos, ativamente, nas negociações preliminares à formação da startup, nas conversas e tratativas entre sócios e investidores e na eventual solução de conflitos que possam afetar a vida e a perenidade do negócio.